EUA Índia e Japão navegam em águas reivindicadas pela China

Idiomas:

Português   English   Español
EUA Índia e Japão navegam em águas reivindicadas pela China
Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia.

Esta foi a primeira vez em que vários países participam de manobras conjuntas nessas águas disputadas com a China.


As marinhas dos Estados Unidos, Filipinas, Japão e Índia realizaram nesta quinta-feira (9), pela primeira vez, manobras marítimas conjuntas em águas disputadas do Mar da China Meridional, onde o regime comunista ocupou na prática vários territórios.

Cinco embarcações dos quatro países navegaram pelas águas internacionais até Changi, na Singapura, onde acontece a segunda reunião marítima de ministros da Defesa da Asean.

Além disso, EUA e China vivem um momento de tensão na guerra comercial entre ambos, que disputam o controle comercial dessas águas, pelas quais circula anualmente aproximadamente US$ 3,5 trilhões em comércio.

Siga a RENOVA no TWITTER e acompanhe todas as notícias em tempo real.

Os países da região veem com suspeita a influência crescente de Pequim nas águas do Mar da China Meridional, que em 2012 iniciou a ocupação à força de várias ilhotas e recifes, sobre os quais construiu ilhas artificiais para se apropriar delas na prática.

Filipinas, Brunei, China, Malásia, Taiwan e Vietnã reivindicam soberania sobre diferentes partes do Mar da China Meridional, por onde circula 30% do comércio global e que abriga 12% da pesca mundial, além de possíveis jazidas de gás e petróleo, informa a agência EFE.

Newsletter RENOVA

Receba gratuitamente as principais notícias do Brasil e do Mundo por email.

Curta e compartilhe...

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on reddit
Share on vk

Deixe seu comentário...

A RENOVA Mídia não se responsabiliza pelo conteúdo, opiniões e comentários dos visitantes do site. NÃO publique ofensas, discordar não é ofender. Caso encontre algum material com ofensas, denuncie. Lembre-se que ao comentar em nosso portal você concorda com estes Termos de Uso.

Veja também...