Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

EUA pedem à China transparência nos dados sobre coronavírus

Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia
EUA pedem à China transparência nos dados sobre coronavírus
Imagem: Reprodução/Twitter

Chanceler alerta que todos os países devem “intensificar e fornecer informações precisas e transparentes” sobre o coronavírus.

Mike Pompeo, chanceler dos Estados Unidos, pediu, nesta segunda-feira (30), uma maior transparência de alguns países — entre eles a China — em meio à pandemia do novo coronavírus.

Em entrevista à emissora FoxNews, Pompeo foi questionado sobre se Pequim cooperou com os EUA, fornecendo dados úteis sobre o surto de Covid-19.

O chanceler respondeu:

“O presidente Trump e eu nos comprometemos a garantir que tivéssemos os melhores dados disponíveis.”

E acrescentou:

“[Os especialistas] precisam dos dados da Itália. Eles precisam dos dados da China. Eles precisam dos dados do Irã. Precisamos que cada país intensifique e forneça informações precisas e transparentes. E se não podemos ter isso, se temos desinformação, existem mais vidas que estarão em risco, não só hoje, mas nas próximas semanas.”

Pompeo completou:

“Pedimos a todos os países que avancem e nos digam o que sabem para que o mundo possa aprender. Os Estados Unidos vão compartilhar as informações que obtivermos e manteremos as pessoas seguras, não apenas aqui nos EUA, mas em todo o mundo.”

Compartilhe

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email

Comentários

A RENOVA Mídia não se responsabiliza pelo conteúdo, opiniões e comentários dos visitantes do site. NÃO publique ofensas, discordar não é ofender. Caso encontre algum material com ofensas, denuncie. Lembre-se que ao comentar em nosso portal você concorda com estes Termos de Uso.

Outras Notícias