Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

EUA pedem à ONU ação mais dura contra mísseis do Irã

EUA pedem à ONU ação mais dura contra mísseis do Irã
COMPARTILHE

O chanceler americano, Mike Pompeo, pediu nesta quarta-feira (12) à ONU que endureça as restrições aos mísseis iranianos, dizendo que a República Islâmica tem centenas de projéteis que poderiam atingir os aliados dos EUA.

Mike Pompeo foi a Nova York para uma reunião do Conselho de Segurança sobre o Irã, que recentemente confirmou um teste balístico de médio alcance com o argumento de que é legal e necessário para sua defesa.

Ao Conselho de Segurança, o chanceler dos Estados Unidos declarou:

Estamos colocando em risco a segurança de nosso povo se o Irã continuar a fornecer mísseis balísticos.

E acrescentou:

Corremos o risco de uma escalada de conflitos na região se não conseguirmos restabelecer a dissuasão. E transmitimos a todos os outros atores malignos que eles também podem desafiar o Conselho de Segurança com impunidade se não fizermos nada.

O Irã tem “centenas de mísseis que representam uma ameaça para nossos parceiros na região”, disse Pompeo, provavelmente referindo-se a Israel e aliados árabes como a Arábia Saudita.

Ele acrescentou que os Estados Unidos pressionariam para preservar um embargo de armas ao Irã que expirará em 2020, conforme noticiou o “UOL“.

PUBLICIDADE

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Comentários_

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião da RenovaMídia.

Ao comentar você concorda com nossos termos de uso e política de privacidade.

Assinar
Notificar quando
guest
0 Comentários
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários