Português   English   Español

EUA pedem condenação mais enérgica contra Nicolás Maduro

hama

A embaixadora dos Estados Unidos na ONU, Nikki Haley, defendeu nesta quarta-feira (8) uma condenação regional mais enérgica contra o ditador Nicolás Maduro, logo após anunciar uma nova ajuda aos refugiados da Venezuela na Colômbia.

Nikki Haley declarou:

Chegou a hora de os países da região que sofrem com a imigração (…) condenarem Maduro e dizerem para ele partir.

A diplomata se pronunciou novamente contra a ditadura Maduro durante visita ao lado colombiano da fronteira com a Venezuela, após assistir na véspera a posse de Iván Duque como presidente da Colômbia.

Ela acrescentou:

Quando uma região se cala sobre o que faz um dos seus, então a comunidade internacional não se intromete (…), quando condenam, a comunidade internacional escuta.

A embaixadora americana aproveitou sua visita ao posto fronteiriço de Cúcuta para anunciar uma nova doação, de nove milhões de dólares, que se soma aos 60 milhões já entregues à Colômbia para aliviar a situação dos imigrantes venezuelanos.

Mais de um milhão de pessoas entraram na Colômbia a partir da Venezuela nos últimos 16 meses, a maioria com a intenção de permanecer no país, segundo as autoridades.

 

Adaptado da fonte AFP

Tarciso Morais

Tarciso Morais

Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia

Deixe seu comentário

Veja também...