EUA pedem extradição de Assange após prisão em Londres

Idiomas:

Português   English   Español
EUA pedem extradição de Assange após prisão em Londres
TARCISO MORAIS
TARCISO MORAIS
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia.

De acordo com o presidente equatoriano, Assange violou inúmeras vezes os termos acordados para permanência na embaixada.


O presidente do Equador, Lenin Moreno, anunciou nesta quinta-feira (11) a suspensão do asilo que concedida a Julian Assange, fundador do WikiLeaks.

Assim que a prisão foi anunciada, os Estados Unidos pediram a extradição de Assange.

“Julian Assange, 47, foi hoje, quinta-feira, 11 de abril, preso por policiais do Serviço de Polícia Metropolitana na Embaixada do Equador”, informou a polícia britânica, segundo a agência Reuters.

“Esse é um mandado de extradição nos termos da Seção 73 da Lei de Extradição. Ele comparecerá sob custódia à Corte de Magistrados de Westminster o mais rápido possível”, diz o pedido de extradição enviado pelo governo de Donald Trump.

Para o Wikileaks, organização que publica documentos confidenciais de governos e empresas, a decisão do Equador foi “ilegal”, registra a RENOVA.

Newsletter RENOVA

Receba gratuitamente as principais notícias do Brasil e do Mundo por email.

Curta e compartilhe...

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on reddit
Share on vk

Deixe seu comentário...

Veja também...