- PUBLICIDADE -

EUA preparam novas tarifas e acusam China de “práticas comerciais desleais”

- PUBLICIDADE -

A porta-voz da Casa Branca, Sarah Sanders, afirmou nesta quarta-feira (1) que os Estados Unidos devem anunciar novas tarifas de 25% sobre o valor de US$ 200 bilhões em bens importados da China.

A secretária de imprensa dos Estados Unidos continuou dizendo que Donald Trump continuaria responsabilizando a China por suas práticas comerciais desleais e não reduziria a pressão até que Pequim mude certos aspectos.

“O presidente Donald Trump não permitirá que outros países se aproveitem dos Estados Unidos”, disse Sarah Sanders.

As tarifas incluem produtos alimentícios, produtos químicos, aço, alumínio e bens de consumo que vão desde alimentos para cães, móveis e tapetes, até pneus de carros, bicicletas, luvas de beisebol e produtos de beleza.

O regime comunista da China acusou o golpe nesta quarta-feira (1). Pequim disse que a “chantagem” não funcionará e que retaliará se os EUA tomarem outras medidas que dificultem o comércio.

Com informações de Sputnik
PUBLICIDADE
- PUBLICIDADE -

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -