PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

EUA pressionam aliados a receber jihadistas da Síria

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

"Esta situação é simplesmente insustentável", diz chanceler dos EUA.

PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

Milhares de jihadistas estão presos no exterior após ingressarem no grupo terrorista Estado Islâmico durante a expansão do califado pelo Oriente Médio.

Agora, o chanceler dos Estados Unidos, Antony Blinken, está pressionando os países aliados a trazerem estes extremistas de volta.

Durante uma reunião em Roma, capital da Itália, nesta segunda-feira (28), Blinken alertou que os jihadistas não poderiam ser detidos indefinidamente na Síria:

“Esta situação é simplesmente insustentável. Ela simplesmente não pode persistir indefinidamente.”

Cerca de 10 mil combatentes do EI estão detidos no norte da Síria por combatentes Curdos aliados do Ocidente.

Segundo a agência France-Presse, o chanceler norte-americano acrescentou:

“Os Estados Unidos continuam a instar os países — incluindo os parceiros da coalizão — a repatriar, reabilitar e, quando aplicável, processar seus cidadãos.”

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

Encontrou um erro?

Para comunicar um erro de português, de informação ou técnico, preencha o formulário abaixo.