- PUBLICIDADE -

EUA querem detectar pessoas imunes ao coronavírus

EUA querem detectar pessoas imunes ao coronavírus

- PUBLICIDADE -

Mais de 75% da população dos EUA está sob alguma forma de confinamento em meio à pandemia do Covid-19. 

O governo Donald Trump começou a coletar amostras de sangue em todo os Estados Unidos com o objetivo de determinar o número real de pessoas infectadas com o novo coronavírus

Atualmente, cotonetes nasais são usados para determinar se alguém está infectado com o Covid-19.

Já os novos testes são baseados em análises sorológicas. Eles analisam se certos anticorpos estão presentes no sangue.

A presença dos anticorpos demonstram que a pessoa lutou e logo depois se recuperou da doença, incluindo aquelas que nunca apresentaram sintomas.

Esses exames são encarados pelas autoridades como a chave para tornar, gradualmente, o confinamento mais flexível, permitindo que aqueles com imunidade comprovada continuem suas atividades de rotina. 

Os testes tiveram início após a Administração de Alimentos e Medicamentos (FDA, na sigla em inglês) emitir uma aprovação de emergência para o primeiro exame sorológico, realizado pela empresa Cellex na Carolina do Norte, na semana passada, destaca o portal Terra.

PUBLICIDADE

- PUBLICIDADE -

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit

- PUBLICIDADE -

- PUBLICIDADE -

- PUBLICIDADE -