- PUBLICIDADE -

EUA querem indenização de US$ 12,7 bilhões do traficante ‘El Chapo’

EUA querem indenização de US$ 12,7 bilhões do traficante ‘El Chapo’
- PUBLICIDADE -

O valor solicitado é correspondente a todos os lucros obtidos “direta ou indiretamente” com o cartel mexicano. Pedido de indenização será avaliado no dia 17 de julho.

A promotoria do Brooklyn, nos Estados Unidos, pediu a apreensão de US$12,7 bilhões em bens pertencentes ao traficante mexicano Joaquín “El Chapo” Guzmán como indenização.

Segundo o procurador Richard Donoghue, o “Estado tem o direito de requisitar qualquer bem derivado dos crimes do acusado vinculados à droga”.

O pedido baseia-se em todos os preços das vendas de maconha, cocaína e heroína realizadas por “El Chapo”, que foram revelados por dezenas de testemunhas.

A estimativa é de que, durante 25 anos, o mexicano arrecadou pelo menos US$11,8 bilhões pelo tráfico de cocaína, US$846 milhões pela venda de maconha e US$11 milhões pela comercialização de heroína.

De acordo com o Ministério Público, toda a quantia foi lavada e usada para realizar o pagamento de funcionários do cartel, fornecedores, além de materiais de comunicação, aeronaves, veículos e até mesmo submarinos

PUBLICIDADE
- PUBLICIDADE -

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -