Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

EUA reafirmam ‘liberdade e independência’ de Taiwan

EUA criticam ausência de Taiwan em reunião da OMS
COMPARTILHE

EUA dão mais um sinal enfático de desrespeito à reivindicação da China sobre Taiwan.

Um funcionário do alto escalão da chancelaria dos Estados Unidos reafirmou a “liberdade e independência” de Taiwan

O posicionamento é um sinal enfático de desrespeito à reivindicação da China de soberania sobre a democracia insular taiwanesa. 

Na última semana, o diretor de planejamento de políticas do Departamento de Estado, Peter Berkowitz, declarou: 

“Parece-me que preservar a liberdade e a independência de Taiwan é uma prioridade.”  

Berkowitz não chegou a falar numa promessa explícita de defesa por parte dos EUA, mas seus comentários provavelmente irritarão o Partido Comunista Chinês (PCCh).   

Os comentários de Berkowitz acompanham o anúncio feito pela presidente de Taiwan, Tsai Ing-wen, sobre o início de um esforço para construir submarinos para ajudar a repelir uma possível invasão da China, como noticiou a RenovaMídia

PUBLICIDADE

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Comentários_

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião da RenovaMídia.

Ao comentar você concorda com nossos termos de uso e política de privacidade.

Assinar
Notificar quando
guest
0 Comentários
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários

PUBLICIDADE