PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

EUA reconhecem soberania de Israel nas Colinas de Golã

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, assinou nesta segunda-feira (25) uma ordem executiva reconhecendo as Colinas de Golã como território de Israel.

A medida foi concretizada nesta segunda-feira (25) durante a visita do primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, aos Estados Unidos.

O reconhecimento representa uma importante vitória para Israel no palco internacional, fortalecendo ainda mais a candidatura de Netanyahu nas eleições israelenses.

Em conferência de imprensa conjunta, Netanyahu rasgou elogios a Trump, destacando o que diz ser o “direito histórico” de Israel sobre as Colinas de Golã. O território foi conquistado depois que Israel foi atacado por Egito, Síria e Jordânia durante a Guerra dos Seis Dias, em 1967.

Segundo Netanyahu, as Colinas de Golã foram conquistadas durante a vitória em uma “guerra justa de legítima defesa”.

“Em dois gloriosos dias os soldados israelitas – incluindo o meu irmão – libertaram as Colinas de Golã”, disse o primeiro-ministro, “mas seriam precisos quase 50 anos até que essa vitória militar se traduzisse numa vitória diplomática”, afirmou, em referência ao gesto de Trump.

O presidente dos Estados Unidos foi comparado por Netanyahu a grandes líderes históricos amigos de Israel, incluindo o Rei Ciro, da Pérsia, Lord Balfour e o Presidente Harry S. Truman.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

Encontrou um erro?

Para comunicar um erro de português, de informação ou técnico, preencha o formulário abaixo.