Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

EUA reduz voos para Cuba para diminuir turismo na ilha

Tarciso Morais

Tarciso Morais

EUA anunciam novas sanções contra a ditadura de Cuba
COMPARTILHE

Proibição de voos afeta nove aeroportos. Companhias terão prazo de 60 dias adaptação.

O governo dos Estados Unidos reduziu drasticamente, nesta sexta-feira (10), os voos autorizados para Cuba. A medida é uma tentativa de diminuir as receitas do turismo para a ilha comunista. 

O chanceler Mike Pompeo afirmou que os voos fretados só poderão se dirigir a Havana, e não a outros aeroportos:

“A medida de hoje evitará que o regime cubano se beneficie dos serviços charter ampliados após a decisão de 25 de outubro de 2019, que suspendeu o serviço aéreo comercial para aeroportos de Cuba exceto o de Havana”.

E, segundo o jornal Correio Braziliense, acrescentou:

“As restrições afetarão ainda mais a capacidade do regime cubano de obter receita, que usa para financiar sua repressão contínua ao povo cubano e seu apoio desmedido ao ditador Nicolás Maduro na Venezuela.”

- PUBLICIDADE -
TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram