Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
- PUBLICIDADE -

EUA sancionam ex-ministros do Líbano por ligação com Hezbollah

"Os Estados Unidos apoiam o povo do Líbano em suas demandas por reforma”, diz secretário.

Tarciso Morais

Tarciso Morais

EUA declara filho de líder do Hezbollah 'terrorista global'
COMPARTILHE

O governo dos Estados Unidos impôs sanções, nesta terça-feira (8), a dois ex-ministros do Líbano por “corrupção” e apoio ao grupo terrorista Hezbollah.

As sanções foram aplicadas contra Youssef Fenianos e Ali Hassan Khalil.

Em um comunicado, o Secretário do Tesouro, Steven Mnuchin, declarou:

“Os Estados Unidos apoiam o povo do Líbano em suas demandas por reforma e continuarão a usar todos os meios à sua disposição para atacar aqueles que os oprimem e exploram.”

E, segundo o jornal Valor Econômico, acrescentou:

“A explosão catastrófica no porto de Beirute em 4 de agosto ampliou a urgência dessas chamadas.”

Em mensagem no Twitter, o chanceler dos EUA, Mike Pompeo, descreveu os alvos como “dois ex-ministros libaneses corruptos que abusaram de suas posições para fornecer apoio material ao Hezbollah”. 

- PUBLICIDADE -
Error: Embedded data could not be displayed.
TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
VEJA TAMBÉM
Error: Embedded data could not be displayed.