EUA usam luta contra terrorismo para invadir, diz Evo Morales

Twitter
Facebook
Google+
LinkedIn
Pinterest

O presidente da Bolívia, Evo Morales, acusou nesta terça-feira (11) o governo dos Estados Unidos de usar a luta contra o terrorismo para “invadir” e impulsionar uma “corrida armamentista” global.

A declaração do líder socialista da Bolívia foi feita em lembrança os 17 anos dos atentados de 11 de setembro de 2001 contra as torres do World Trade Center, em Nova York.

Pelo Twitter, Evo Morales escreveu:

Passaram-se 17 anos do atentado às Torres Gêmeas. Enquanto há americanos que sofrem com a perda de entes queridos, a Casa Branca, em nome da luta contra o terrorismo, usa este fato como desculpa para invadir, assassinar e impulsionar a corrida armamentista em escala global.

O “presidente” da Bolívia, crítico do governo dos Estados Unidos, advertiu que “já é hora de os cidadãos do mundo abrirem os olhos” e pediu que se oponham às guerras, “cujo único objetivo é a apropriação de recursos naturais”.

Morales acrescentou:

Na Bolívia fazemos um chamado para nos unir contra o capitalismo selvagem e levantar bandeiras de paz, irmandade e solidariedade.

 

Adaptado da fonte EFE
Twitter
Facebook
Google+
LinkedIn
Pinterest

Isso também pode te interessar

Deixe seu comentário

Anunciante
e-consulters
Parceiro

Assine nossa Newsletter!

Preencha o formulário para assinar.

Nome Email
newsletter

Últimas publicações