EUA aprovam venda de mísseis antitanque para Ucrânia

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Os Estados Unidos aprovaram formalmente a venda de mísseis antitanque Javelin ao governo da Ucrânia, informou nessa quinta-feira (1) o Departamento de Estado, em um gesto que deverá despertar a ira da Rússia.

De acordo com as informações do Estado de Minas:

A autorização outorgada à agência americana de Cooperação em Segurança e Defesa (DSCA, em inglês) compreende 210 mísseis e 37 lançadores, totalizando cerca de 47 milhões de dólares.

Funcionários do Departamento americano da Defesa e empresas contratadas serão responsáveis pelo transporte de armas e treinamento das forças ucranianas, que enfrentam grupos armados apoiados pela Rússia.

De acordo com uma declaração emitida pelo Departamento de Estado, “o sistema Javelin” ajudará os ucranianos a construírem sua capacidade de longo prazo para defender sua soberania e integridade territorial”.

Estados Unidos e países ocidentais apoiam a Ucrânia em seus esforços pela reunificação do país depois que a Rússia anexou a região da Crimeia.

Entretanto, Washington até agora tem sido cauteloso em fornecer armamento ao governo de Kiev para evitar uma degradação ainda mais acentuada nas relações com Moscou.

Segundo a DSCA, a venda dos mísseis Javelin “não altera o equilíbrio militar básico na região”.

Se o Congresso não colocar objeções à transação, os fabricantes Raytheon e Lockheed Martin poderão começar as entregas dos mísseis em um período de dois meses.

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Newsletter

Receba as principais notícias do dia, assine nossa newsletter gratuita.