Português   English   Español

Eunício Oliveira esnoba o presidente eleito

Eunício afirma estar aberto a dialogar, mas que não aceitará interferência no Legislativo e critica o economista Paulo Guedes, futuro ministro da Economia.

O presidente do Congresso e do Senado, Eunício Oliveira (MDB-CE), disse que “não está preocupado” se o presidente eleito, Jair Bolsonaro, “vai gostar ou não” do resultado de votações na Casa antes de assumir o Palácio do Planalto.

A declaração foi feita em entrevista ao jornal Estadão, dois dias depois do emedebista avançar com a “pauta bomba” do reajuste salarial dos ministros do STF.

A decisão do presidente do Senado pode custar aos cofres públicos cerca de 6 bilhões de reais por ano, conforme noticiou a Renova Mídia.

Sem conseguir se reeleger, Eunício ficará sem mandato no ano que vem, mas antes será o responsável por dar posse a Bolsonaro em janeiro.

O senador afirma estar aberto a dialogar, mas que não aceitará interferência no Legislativo e criticou o economista Paulo Guedes, futuro ministro da Economia de Bolsonaro, que defendeu uma “prensa” nos parlamentares para que votassem a reforma da Previdência.

Tarciso Morais

Tarciso Morais

Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia

Deixe seu comentário

Veja também...