- PUBLICIDADE -

Europa pede explicações aos EUA sobre espionagem de Obama

Europa pede explicações aos EUA sobre espionagem de Obama
Foto: Reprodução/Jewel Samad
- PUBLICIDADE -

"Não é aceitável entre aliados”, diz Macron sobre ações dos EUA.

Com o auxílio de instalações da Dinamarca, o ex-presidente Barack Obama, dos Estados Unidos, espionou alguns políticos de países aliados na Europa.

O presidente da França e a chanceler da Alemanha pediram, nesta segunda-feira (31), explicações aos EUA e à Dinamarca sobre as acusações de espionagem de líderes europeus.

No final de um conselho de ministros franco-alemão, o mandatário Emmanuel Macron declarou:

“Não é aceitável entre aliados, muito menos entre aliados e sócios europeus.”

A chanceler Angela Merkel apoiou as declarações de Macron:

“Só posso me juntar às palavras de Emmanuel Macron. É uma boa base, não só para esclarecer os fatos, mas também para estabelecer uma relação de confiança.”

A espionagem da Agência de Segurança Nacional (NSA) dos EUA aconteceu entre 2012 a 2014, durante a gestão do democrata Obama.

A Casa Branca, o Departamento de Estado dos EUA e a NSA não fizeram comentários sobre a nova denúncia de espionagem contra os serviços de inteligência norte-americanos.

PUBLICIDADE
- PUBLICIDADE -

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -