Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Evo Morales convoca novas eleições na Bolívia

Tarciso Morais

Tarciso Morais

Evo Morales convoca novas eleições na Bolívia
COMPARTILHE

Morales, eleito para seu quarto mandato, acabou sendo declarado vencedor em um pleito repleto de irregularidades.

Evo Morales aceitou organizar novas eleições na Bolívia, depois que a Organização dos Estados Americanos (OEA) divulgou, neste domingo (10), um relatório preliminar que apontam irregularidades no pleito de outubro.

De acordo com o documento publicado pela organização, “é pouco provável”, que Morales tenha obtido, já no primeiro turno, o número de votos necessários para sua reeleição no pleito ocorrido em 20 de outubro.

Para chegar a essa conclusão, o relatório baseou-se em uma auditoria feita após as eleições. Os dados disponíveis, ressalta a OEA, não permitiu a validação dos resultados.

“As manipulações do sistema de informática são de um nível tão alto que necessitam de uma investigação mais aprofundada por parte do Estado boliviano, que deve determinar responsabilidades nesse caso grave”, ressaltaram os autores do relatório em um comunicado, segundo o site RFI.

A Bolívia é palco de manifestações há semanas, desde que o Supremo Tribunal Eleitoral interrompeu a publicação dos resultados parciais, na noite das eleições.

Nos últimos dias até as forças de segurança de vários estados se juntaram aos manifestantes, como noticiou a RENOVA.

- PUBLICIDADE -
TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram