- PUBLICIDADE -

Evo quer punição para presos em investigação de ‘golpe’ na Bolívia

Protesto contra Evo Morales fecha parte da fronteira com Brasil

Evo pede punição contra os “autores e cúmplices da ditadura que saqueou a economia”.

- PUBLICIDADE -

O ex-presidente da Bolívia, Evo Morales, exigiu punição para os “autores e cúmplices” do que denunciou como um “golpe” contra ele.

Morales escreveu no Twitter que os “autores e cúmplices da ditadura” que o sucedeu devem ser “investigados e punidos”

O comentário foi feito após a prisão, no último sábado (13), de sua sucessora, a ex-presidente Jeanine Áñez.

Morales cita um “golpe de Estado” que o levou a fugir da Bolívia em 2019 após eleições disputadas.

​”Por justiça e verdade para as 36 vítimas fatais, os mais de 800 feridos e mais de 1.500 detidos ilegalmente no golpe. Que os autores e cúmplices da ditadura que saqueou a economia e atacou a vida e a democracia na Bolívia sejam investigados e punidos”, escreveu o líder indígena.

PUBLICIDADE

- PUBLICIDADE -

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit

- PUBLICIDADE -

- PUBLICIDADE -

- PUBLICIDADE -