- PUBLICIDADE -

Ex-assessor confessa assassinato de Gerson Camata

Ex-assessor confessa assassinato de Gerson Camata
- PUBLICIDADE -

Um antigo assessor do ex-governador do Espírito Santo, Gerson Camata, 77 anos, confessou ter matado o político na tarde desta quarta-feira (26).

O meliante foi preso pela Polícia Militar pouco após a execução e, ao prestar depoimento, confessou o homicídio.

Como justificativa para o crime, o ex-funcionário alegou ter perdido um processo judicial movido contra o emedebista, informa o “Metrópoles”.

A Secretaria de Estado da Segurança Pública (Sesp) confirmou que Gerson Camata foi vítima de disparos de arma de fogo efetuados por Marcos Venicio Moreira Andrade, 66 anos.

O ex-assessor do político chegou a fugir do local do crime, mas foi detido pelas autoridades logo em seguida.

PUBLICIDADE
- PUBLICIDADE -

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -