Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Ex-governador da PB é denunciado pela 4ª vez na Operação Calvário

COMPARTILHE

Ex-procurador-geral e ex-secretário de saúde, além de irmão e cunhada de Coutinho também, foram denunciados.

O Ministério Público da Paraíba (MPPB) protocolou¹ no Tribunal de Justiça, na última sexta-feira (22), uma nova denúncia contra o ex-governador da Paraíba, Ricardo Coutinho (PSB), e outras sete pessoas.

Todos os denunciados são investigados na operação “Calvário”, que apura desvios de R$ 1 bilhão da Saúde e da Educação do Estado durante a gestão de Coutinho. 

De acordo com o texto da nova denúncia², Ricardo é apontado como dono oculto de uma empresa que se tornou controlado de 49% do Laboratório Industrial Farmacêutico do Estado da Paraíba (Lifesa), que é apontado pela investigação como um dos meios para surrupiar recursos públicos.

A esposa do socialista, Amanda Rodrigues, que era secretária de Finanças em sua gestão, também foi denunciada³, assim como o irmão Coriolando Coutinho e outras cinco pessoas.

A investigação do Ministério Público aponta que Coutinho seria o chefe da Organização Criminosa (Orcrim), usando o Lifesa para lavagem de capitais, superfaturamento de fornecimento de bens e serviços, com o objetivo de se apossar do dinheiro público.

Referências: [1][2][3]

PUBLICIDADE

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Comentários_

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião da RenovaMídia.

Ao comentar você concorda com nossos termos de uso e política de privacidade.

Assinar
Notificar quando
guest
0 Comentários
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários