PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

Ex-governador da PB é denunciado pela 4ª vez na Operação Calvário

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

Ex-procurador-geral e ex-secretário de saúde, além de irmão e cunhada de Coutinho também, foram denunciados.

O Ministério Público da Paraíba (MPPB) protocolou¹ no Tribunal de Justiça, na última sexta-feira (22), uma nova denúncia contra o ex-governador da Paraíba, Ricardo Coutinho (PSB), e outras sete pessoas.

Todos os denunciados são investigados na operação “Calvário”, que apura desvios de R$ 1 bilhão da Saúde e da Educação do Estado durante a gestão de Coutinho. 

De acordo com o texto da nova denúncia², Ricardo é apontado como dono oculto de uma empresa que se tornou controlado de 49% do Laboratório Industrial Farmacêutico do Estado da Paraíba (Lifesa), que é apontado pela investigação como um dos meios para surrupiar recursos públicos.

A esposa do socialista, Amanda Rodrigues, que era secretária de Finanças em sua gestão, também foi denunciada³, assim como o irmão Coriolando Coutinho e outras cinco pessoas.

A investigação do Ministério Público aponta que Coutinho seria o chefe da Organização Criminosa (Orcrim), usando o Lifesa para lavagem de capitais, superfaturamento de fornecimento de bens e serviços, com o objetivo de se apossar do dinheiro público.

Referências: [1][2][3]
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

Encontrou um erro?

Para comunicar um erro de português, de informação ou técnico, preencha o formulário abaixo.