Português   English   Español

Ex-governador do DF é condenado a mais de 7 anos de prisão

Twitter
WhatsApp
Facebook
Google+
LinkedIn
Pinterest

Justiça de Brasília condenou o ex-governador do Distrito Federal José Roberto Arruda a mais 7 anos, 6 meses e 29 dias. A pena é reclusão em regime inicial fechado e pagamento de multa.

Arruda foi condenado pelos crimes de falsidade ideológica e corrupção de testemunha pelo Gaeco (Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado) do MPDFT (Ministério Público do Distrito Federal e Territórios).

Essa é a segunda condenação de Arruda em ações criminais decorrentes da operação Caixa de Pandora. Ele já tinha sido condenado a 3 anos, 10 meses e 20 dias pela prática do crime de falsidade ideológica.

O ex-governador do Distrito Federal responde a outras 11 ações.

Também foram condenados Geraldo Naves Filho, Antônio Bento da Silva e Rodrigo Diniz Arantes. O primeiro por corrupção de testemunha e os outros dois pelo mesmo crime e falsidade ideológica.

 

Adaptado da fonte Poder 360

Twitter
WhatsApp
Facebook
Google+
LinkedIn
Pinterest

Deixe seu comentário

Veja também...

Assine nossa Newsletter!

Preencha o formulário para assinar.

Nome Email
newsletter

Últimas publicações