Ex-guarda de campo de concentração nazista vai a julgamento

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Ex-guarda de campo de concentração nazista vai a julgamento.

A partir desta quinta-feira (7), comparece diante do tribunal estadual de Neuruppin, em Brandemburgo, um homem de 100 anos que foi guarda do campo de concentração nazista de Sachsenhausen.

O Ministério Público da Alemanha o acusa de ter participado do homicídio de internos entre 1942 e 1945 de modo “cônscio e voluntário“.

Em outras palavras, trata-se de cumplicidade em homicídio em 3.518 casos.

Concretamente, o acusado teria contribuído para o fuzilamento de prisioneiros de guerra da União Soviética, além de ter sido cúmplice de assassinatos em câmaras de gás.

Outros presos do campo, ainda, teriam perdido a vida “através da criação e manutenção de condições hostis à existência“.

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Newsletter

Receba as principais notícias do dia, assine nossa newsletter gratuita.