Ex-militar que matou Bin Laden critica Joe Biden

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

"Isso não faz sentido. É um insulto”, diz ex-militar americano.

Robert O’Neill, ex-militar da Marinha dos Estados Unidos que matou o líder da Al-Qaeda, Osama bin Laden, criticou o presidente Joe Biden pelo fiasco no Afeganistão.

Em entrevista à emissora Fox News, na última sexta-feira (20), Robert disse que Biden precisava ser responsabilizado pelo desastre que causou por lá:

“Isso não faz sentido. É um insulto. Todos os veteranos e militares com quem conversei hoje, tudo o que me dizem é que se sentem enojados.”

O ex-militar acrescentou:

“Estou muito, muito zangado porque após mais de 400 missões em tantos campos diferentes de combate, nunca perdi uma luta. Minha equipe nunca perdeu uma luta. Não conheço nenhum fuzileiro naval que perdeu uma luta, e isso inclui o Talibã.”

E prosseguiu:

“É irritante ter que falar com meus amigos veteranos de combate que lutaram por tantos anos, e eles estão se perguntando: por que nós lutamos? Você está brincando comigo? Este presidente se rendeu ao Talibã. Isso fica mais embaraçoso? Eu não deveria ficar envergonhado como um americano agora, me perguntando pelo que eu lutei?”

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Newsletter

Receba as principais notícias do dia, assine nossa newsletter gratuita.