- PUBLICIDADE -

Ex-militar relata encontros com Objetos Submarinos Não Identificados (OSNIs)

Ex-militar relata encontros com Objetos Submarinos Não Identificados (OSNIs)

- PUBLICIDADE -

O avistamento de OSNIs não é uma novidade. Relatos sobre o assunto foram compartilhados ao longo das últimas décadas.

David Fravor, ex-comandante da Marinha dos Estados Unidos, revelou informações sobre o avistamento de um Objeto Submarino Não Identificado (OSNI), segundo o site Popular Mechanics.

Ele disse que o objeto tinha o tamanho aproximado de um avião a jato Boeing 737 com um formato de cruz. Segundo Fravor, a água acima dele ficou como se estivesse “fervendo” ou “espumando”. O objeto desapareceu depois que chamou sua atenção.

Ele também compartilhou informações compartilhadas por um ex-piloto do batalhão MH-53E Sea Dragon, localizado na Base Naval Roosevelt Roads, na ilha de Porto Rico.

Por duas vezes, enquanto recuperava munições usadas em testes, o piloto avistou um objeto submarino bastante estranho.

No primeiro episódio, o piloto viu uma “massa escura” debaixo d’água enquanto ele e sua equipe recuperavam um drone de treinamento. O objeto foi descrito como uma massa “grande”, “meio circular”, e tinha certeza de que não era um submarino. 

No segundo avistamento do piloto, um torpedo o piloto foi enviado para recuperar foi “sugado” para as profundezas do oceano na presença de um objeto submarino semelhante. 

David Fravor, ex-comandante da Marinha dos Estados Unidos;

David Fravor também revelou que uma mulher de 79 anos entrou em contato com ele depois que ouviu sobre sua história de avistamento. 

A idosa explicou que seu pai, um oficial da Marinha dos EUA, trabalhou na estação naval de São Francisco na década de 1950. Quando criança, seu pai mostrou a ela um telegrama que dizia que objetos não identificados haviam sido vistos entrando e saindo da água em um conjunto de coordenadas de latitude e longitude agora desconhecidas. 

Como demonstrado pela mulher que confidenciou o relato do seu pai ao ex-comandante Fravor, este tipo de avistamento não é uma novidade.

Em 1970, o biólogo Ivan Sanderson publicou o livro “Invisible Residents” (Residentes Invisíveis, em tradução livre). 

Sanderson, um notável estudante dos fenômenos incomuns, dedicou o livro a avistamentos do que mais tarde foi chamado de Objetos Submarinos Não Identificados, ou OSNIs.

Livro “Invisible Residents: The Reality of Underwater UFOs”.

PUBLICIDADE

- PUBLICIDADE -

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit

- PUBLICIDADE -

- PUBLICIDADE -

- PUBLICIDADE -