Português   English   Español
Português   English   Español

Ex-militares reconhecem Juan Guaidó como mandatário da Venezuela

Ex-militares reconhecem Juan Guaidó como mandatário da Venezuela
Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia.

Um grupo de 20 ex-militares e policiais venezuelanos pediu, nesta quinta-feira (17), para seus colegas de armas se rebelarem contra o ditador Nicolás Maduro.

A convocação foi feita durante a gravação de um vídeo em Lima, capital do Peru, onde os ex-militares declararam apoio ao chefe do Congresso, Juan Guaidó, que foi considerado o legítimo mandatário da Venezuela.

Segundo a revista “ISTOÉ“, o primeiro-tenente José Hidalgo Azuaje, que foi degradado e expulso do exército venezuelano em março de 2018, declarou:

“A intenção de nossa mensagem é criar consciência entre nossos colegas de armas, que têm dúvidas sobre se revoltar contra (o presidente Nicolás) Maduro, de que não estão sozinhos.”

Hidalgo, que é o porta-voz do grupo de ex-militares, acrescentou:

“Queremos que entendam que somos uma organização militar para que se unam a nós para a libertação, um levantamento, e que passamos dos milhares.”

Hidalgo aparece em um vídeo cercado por 20 homens uniformizados, lendo um pronunciamento contra Maduro e expressando seu apoio ao líder do Congresso, de maioria opositora, Juan Guaidó.

https://twitter.com/Adn_Maye/status/1085826215695601666

Em um trecho do pronunciamento desta quinta-feira (17), o porta-voz do grupo de ex-militares venezuelanos afirmou:

“Fazemos um chamado a todos os componentes da Força Armada nacional bolivariana (…) que não continuem nos quartéis sendo submetidos e utilizados por esses criminosos.”

“Hoje declaramos que não reconhecemos Nicolás Maduro como presidente da Venezuela e como comandante em chefe das forças armadas”

O documento também reconhece o “deputado Juan Guaidó em seu caráter de presidente da Assembleia Nacional como presidente interino da República Bolivariana da Venezuela”.

Compartilhe...

Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on telegram
Share on reddit
Share on linkedin
Share on email

Deixe seu comentário...

A RENOVA Mídia não se responsabiliza pelo conteúdo, opiniões e comentários dos visitantes do site. NÃO publique ofensas, discordar não é ofender. Caso encontre algum material com ofensas, denuncie. Lembre-se que ao comentar em nosso portal você concorda com estes Termos de Uso.

Veja também...