- PUBLICIDADE -

Ex-prefeito de Caracas diz que Brasil precisa assumir ‘responsabilidades’

Ex-prefeito de Caracas diz que Brasil precisa assumir 'responsabilidades'

- PUBLICIDADE -

Para o ex-prefeito de Caracas, o Brasil precisa assumir “responsabilidades” e defende uma “intervenção humanitária”.

O ex-prefeito de Caracas, Antonio Ledezma, um dos principais nomes da oposição venezuelana, diz que o Brasil deve assumir suas “responsabilidade” na crise da Venezuela e garantir a estabilidade na América do Sul.

O político, que vive como refugiado na Espanha, pede ainda uma “ingerência humanitária” em seu país, pactada pela comunidade internacional.

Em entrevista ao UOL, Ledezma alerta que as últimas horas e acontecimentos tem demonstrado que “Maduro é um fantoche das forças cubanas e russas, que o manipulam”.

“Isso é uma traição à pátria, que ele quer converter numa sucursal das forças do mal”, acrescentou.

Em sua avaliação, a oposição já esgotou todos os caminhos negociados ou eleitorais, sem sucesso.

O ex-prefeito de Caracas que, no início do ano, esteve em Brasília para encontros com o governo do presidente da República, Jair Bolsonaro, completou:

“O Brasil está sendo impactado por grupos do narcotráfico e organizações criminosas que encontraram na Venezuela um terreno de segurança. Portanto, o futuro da estabilidade no hemisfério depende em muito do que vai ocorrer na Venezuela.”

PUBLICIDADE

- PUBLICIDADE -

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit

- PUBLICIDADE -

- PUBLICIDADE -

- PUBLICIDADE -