- PUBLICIDADE -

Ex-presidente da Bolívia diz que é presa política da esquerda

Jeanine diz que Bolívia emitirá mandado de prisão contra Morales
Imagem: Marco Bello/Agência Reuters
- PUBLICIDADE -

“Todos os recursos apresentados são rejeitados”, diz Áñez.

A ex-presidente Jeanine Áñez está presa na Bolívia há 87 dias após ser alvo do governo de extrema esquerda de Luis Arce

Áñez é acusada de tramar um golpe de Estado contra o líder indígena Evo Morales

Em mensagem nas redes sociais, nesta sexta-feira (11), a equipe de Áñez afirmou que ela é uma presa política:

“Sou acusada de crimes que não cometi. As acusações não se sustentam, eles inventam coisas para me manter na prisão e me sinto totalmente indefesa. Todos os recursos apresentados são rejeitados.”

A atual administração considera que a ex-chefe do Executivo da Bolívia tramou a queda do antecessor, quando assumiu a gestão.

PUBLICIDADE
- PUBLICIDADE -

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -