Português   English   Español
Português   English   Español

Ex-presidente da França testemunha em caso de Lula sobre caças suecos

Ex-presidente da França testemunha em caso de Lula sobre caças suecos
Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia.

Petista é acusado de ter recebido R$ 2,25 milhões para influenciar Rousseff na compra de 36 aeronaves suecas.

O ex-presidente da França, François Hollande, foi ouvido como testemunha na investigação sobre a tentativa de venda de aeronaves francesas para o Brasil durante o governo de Dilma Rousseff (PT).

No caso em questão, o ex-mandatário brasileiro Lula da Silva (PT) é acusado de lavagem de dinheiro, organização criminosa e tráfico de influência.

A audiência com Hollande aconteceu no dia 4 de julho em Paris no escritório do político francês.

O ex-presidente francês, Nicolas Sarkozy, também recebeu uma intimação da polícia para ser interrogado neste caso no mesmo dia, mas se recusou a comparecer, informa a revista Veja.

Em março de 2017, a defesa de Lula indicou que tinha solicitado a participação de ambos os ex-presidentes franceses como testemunhas para provar sua inocência.

A Justiça brasileira investiga as condições em que o país encerrou, em dezembro de 2013, mais de dez anos de negociações e adiamentos, escolhendo 36 caças do modelo Gripen sueco às custas dos aviões Rafale franceses e dos F/A-18 Super Hornet da americana Boeing, por um contrato de US$ 4,5 bilhões.

Compartilhe...

Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on telegram
Share on reddit
Share on linkedin
Share on email

Deixe seu comentário...

A RENOVA Mídia não se responsabiliza pelo conteúdo, opiniões e comentários dos visitantes do site. NÃO publique ofensas, discordar não é ofender. Caso encontre algum material com ofensas, denuncie. Lembre-se que ao comentar em nosso portal você concorda com estes Termos de Uso.

Veja também...

Curta a RENOVA!