- PUBLICIDADE -

Ex-presidente e ministros da Bolívia recebem ordem de prisão

Jeanine tenta desfazer anos de regime socialista na Bolívia
Imagem: Reprodução/Twitter

Após a renúncia de Morales, Añez se autoproclamou presidente interina da Bolívia.

- PUBLICIDADE -

O Ministério Público da Bolívia ordenou, nesta sexta-feira (12), a prisão da ex-presidente Jeanine Añez

Além dela, ministros de seu governo também foram presos, além do ex-comandante das Forças Armadas e do ex-chefe da polícia.

Todos foram presos por terem pedido a renúncia do então presidente Evo Morales durante a crise política de outubro e novembro de 2019. 

Após a renúncia de Morales, Añez se autoproclamou presidente interina, com apoio dos militares, e ficou no cargo por quase um ano.

A situação ocorre no momento em que o partido no poder, o Movimento ao Socialismo (MAS), inicia um julgamento por suposto golpe de Estado contra vários opositores e ex-líderes militares. 

PUBLICIDADE

- PUBLICIDADE -

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit

- PUBLICIDADE -

- PUBLICIDADE -

- PUBLICIDADE -