Ex-secretário de Alckmin mandou triturar documentos

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

O ex-secretário de Logística e Transportes do governo de Geraldo Alckmin, Laurence Casagrande, mandou sua secretária, Tatiana Mendes Campos, triturar documentos dentro do órgão público quando estava no cargo.

Foi o que disse a própria Tatiana à Polícia Federal, acrescentando que executou a tarefa junto com outra secretária, Valdineia Pavani.

Tatiana Mendes Campos confirmou ser verdadeiro o e-mail descoberto pela PF que continha a ordem de destruição e relatou o seguinte, de acordo com o registro do depoimento:

Que os documentos a serem destruídos pela depoente e Valdineia foram separados pelo próprio Laurence e entregues à depoente em sua sala; que seguindo a ordem superior efetivou a destruição de todos os documentos sem saber o seu conteúdo, como de praxe.

O relato foi um dos motivos citados pela juíza Maria Isabel do Prado para decretar a prisão do por tempo indeterminado do ex-secretário.

Segundo Tatiana, Casagrande também destruiu documentos por conta própria, numa trituradora que tinha na sua sala, e “era comum ele pedir para chamar a ‘moça da limpeza’ para limpar sua trituradora”.

 

Com informações de O Antagonista

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Newsletter

Receba as principais notícias do dia, assine nossa newsletter gratuita.