- PUBLICIDADE -

Ex-vocalista do Blink 182 celebra divulgação de vídeos de OVNIs

Ex-vocalista do Blink 182 celebra divulgação de vídeos de OVNIs
- PUBLICIDADE -

“É uma grande conquista e muito mais está por vir. Acho que as pessoas precisam apertar o cinto”, disse DeLonge.

O músico Tom DeLonge deixou a banda de rock Blink 182 para se dedicar ao projeto “To The Stars Academy of Arts & Science“, que busca desvendar o programa secreto sobre OVNIs feito pelo Pentágono, o Departamento de Defesa dos Estados Unidos.

Em conversa com a revista Rolling Stone, publicada na última segunda-feira (11), DeLonge diz que se sente um pouco responsável por pressionar o governo Donald Trump a retirar o sigilo de três vídeos sobre “fenômenos aéreos inexplicáveis”. 

DeLonge fundou a empresa “To The Stars Academy of Arts & Science” em 2017.

Os mesmos arquivos que foram divulgados pelos EUA nas últimas semanas para “esclarecer quaisquer equívocos ao público” já haviam sido revelados pela empresa do ex-vocalista do Blink 182.

Durante a entrevista, DeLonge falou sobre a sua reação inicial ao tomar conhecimento da decisão do Pentágono de retirar o sigilo dos vídeos e reconhecer que não sabe o que os objetos são:

“Minha primeira reação foi quantas pessoas não viram quando a Marinha reconheceu que os vídeos eram reais, os objetos eram reais e os OVNIs eram reais […] Não vi isso acontecer, mas conheço alguns dos vazamentos internos que acontecem no Pentágono. E eles não têm permissão para mentir, e basicamente pegamos eles lidando com algo. E agora eles são forçados a reconhecê-lo.”

O músico acrescentou: 

“Eles trabalham para nós. Eles dizem: ‘Tudo bem, é hora de começar a falar sobre isso, porque Tom e seus patifes estão colocando nossos pés no fogo’. Você sabe? Eu acho que é algo que todos nós devemos nos concentrar agora, porque é uma coisa muito, muito grande que vai mudar o mundo como o conhecemos.”

Tom DeLonge completou enfatizando que ainda há um longo caminho pela frente:

“Não acredito que conseguimos isso. É uma grande conquista e muito mais está por vir. Acho que as pessoas precisam apertar o cinto.”

PUBLICIDADE
- PUBLICIDADE -

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -