Português  English  Español

Apoie o jornalismo independente!

Execuções em massa na Arábia Saudita geram críticas

Execuções em massa na Arábia Saudita geram críticas
Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia.

As execuções por atos de terrorismo aconteceram na terça-feira (23). Segundo a Anistia Internacional, a maioria dos condenados eram da minoria xiita.

A Alta Comissária da ONU para os Direitos Humanos, Michelle Bachelet, criticou nesta quarta-feira (24) as “espantosas” execuções em massa perpetradas na Arábia Saudita.

Bachelet afirmou que pelo menos três dos 37 executados eram menores de idade quando foram condenados. Ela lamentou:

“Condeno firmemente essas execuções maciças espantosas, apesar das preocupações expressas por numerosos relatores especiais da ONU, pelo Comitê da ONU para da Criança e outros.”

Em um comunicado, Bachelet considerou “odioso” que pelo menos três dos executados fossem menores de idade no momento de seu processo:

“Insto urgentemente o governo saudita a revisar imediatamente sua lei antiterrorista para proibir a pena capital para menores.”

Com as últimas aplicações da pena capital, mais de 100 pessoas já foram executadas na Arábia Saudita neste ano, segundo uma contagem feita a partir de comunicados oficiais, informa o Correio Braziliense.

Compartilhe...

Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram
Share on linkedin
LinkedIn

Deixe seu comentário...

A RENOVA Mídia não se responsabiliza pelo conteúdo, opiniões e comentários dos visitantes do site. NÃO publique ofensas, discordar não é ofender. Caso encontre algum material com ofensas, denuncie. Lembre-se que ao comentar em nosso portal você concorda com estes Termos de Uso.

Veja também...