Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Executiva da Huawei detida no Canadá alega complô com FBI

Executiva da Huawei detida no Canadá alega complô com FBI
COMPARTILHE

Os advogados da chinesa dizem que documentos comprovam uma conspiração entre as autoridades dos EUA e Canadá.

Os advogados da diretora financeira da Huawei, que está detida no Canadá desde 2018 a pedido dos Estados Unidos, exigiram, nesta segunda-feira (27), que se tornem públicos documentos do serviço secreto.

De acordo com a defesa de Meng Wanzhou, filha do fundador da gigante de telecomunicações da China, os documentos comprovam uma suposta trama entre o FBI e as autoridades canadenses.

A denúncia foi feita durante uma audiência por videoconferência no Tribunal Federal de Ottawa, destaca a agência France-Presse.

A estratégia da defesa de Meng é mais uma ação para tentar impedir que sua cliente seja extraditada para os Estados Unidos.

Meng foi presa a pedido do tribunal dos EUA, onde é acusada de ter violado as sanções americanas contra o Irã.

PUBLICIDADE

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Comentários_

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião da RenovaMídia.

Ao comentar você concorda com nossos termos de uso e política de privacidade.

Assinar
Notificar quando
guest
0 Comentários
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários