Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Exército da Austrália quer se proteger da China usando robôs

Tarciso Morais

Tarciso Morais

Exército da Austrália quer se proteger da China usando robôs
COMPARTILHE

O governo australiano está revigorando suas Forças Armadas para atuação em um possível cenário de guerra.

A Austrália está investindo no uso de robôs, inteligência artificial e aprimoramento humano. O objetivo primário do governo é a criação de um Exército forte para se proteger da China.

Austrália e China possuem uma boa relação comercial, mas isso não impede o país da Oceania de ver os comunistas como uma potencial ameaça para a região, já que o país asiático é um dos que mais tem expandido sua tecnologia militar nos últimos anos.

A estratégia do Exército australiano foi detalhada em uma série de documentos divulgados pelo Departamento de Defesa do país, informa o site TecMundo.

A ideia do governo australiano é integrar soldados humanos a máquinas, sensores e outros aparatos para aumentar a capacidade de sobrevivência, letalidade e entendimento do combatente.

Entre os equipamentos que já estão sendo testados pelos militares da Austrália para colocar o país um passo à frente nesta “guerra tecnológica” estão armas digitais com mira computadorizada, veículos terrestres não-tripulados, robôs e drones com armas, como mostram os documentos.

- PUBLICIDADE -
TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram