- PUBLICIDADE -

Exército da China ameaça manifestantes de Hong Kong

Exército da China ameaça manifestantes de Hong Kong

- PUBLICIDADE -

China está deixando claro que está cada vez mais disposta a usar a força para reprimir as gigantescas manifestações em Hong Kong.

A principal autoridade militar chinesa em Hong Kong, major-general Chen Daoxiang, afirmou, nesta quinta-feira (1º), que considera os protestos violentos das últimas semanas como “absolutamente intoleráveis”.

O discurso ameaçador do militar da China coincide com a divulgação de um vídeo mostrando soldados do regime comunista praticando disparos contra manifestantes.

As declarações de Daoxiang e a publicação do vídeo serviram como uma advertência para os manifestantes em Hong Kong de que a paciência da China está se esgotando.

Pequim também está deixando claro que está cada vez mais disposta a usar a força para reprimir as manifestações no território semi-autônomo.

No vídeo de 3 minutos, a China alerta: “Todas as consequências estão por sua conta e risco!”. Também aparecem imagens de tanques, lança-mísseis e operações em helicópteros.

Segundo o jornal Gazeta do Povo, a legenda do vídeo divulgado pelo exército chinês diz:

“A Guarnição de Hong Kong do EPL (Exército Popular da Libertação) é uma incorporação importante da soberania nacional da China, uma força vital para salvaguardar o [status] ‘um país, dois sistemas’ e a pedra angular na manutenção da prosperidade e estabilidade de Hong Kong. O que estamos fazendo é nos preparando para a guerra, treinando duro em habilidades de matar inimigos, e mantendo nossas armas prontas e sempre prontas para atacar!”

PUBLICIDADE

- PUBLICIDADE -

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit

- PUBLICIDADE -

- PUBLICIDADE -

- PUBLICIDADE -