Exército da Colômbia neutraliza líder da guerrilha comunista ELN

Uma das lideranças da guerrilha comunista Exército de Libertação Nacional (ELN) morreu em uma operação militar da Colômbia ao retornar ao seu país, após se esconder na Venezuela.

O guerrilheiro, identificado pelos apelidos de “Samuelito” ou “Samuel”, estava no ELN há 30 anos e morreu em uma área rural do município de San Pablo, no departamento de Bolívar, detalhou o Ministério da Defesa.

A operação foi implementada pelos comandos especiais das Forças Militares em coordenação com a Polícia da Colômbia, completou.

O comandante das Forças Militares da Colômbia, general Alberto Mejía, afirmou no mês de fevereiro que os principais líderes do ELN estão na Venezuela, por isso não podem realizar ações contra eles e devem pressionar os líderes do “segundo ou terceiro escalão”.

 

Adaptado da fonte EFE
Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia