Exército dos EUA expulsa soldado que posou com camiseta de Che Guevara

O cadete Spenser Rapone foi dispensado do Exército dos EUA após posar com uma camisa de Che Guevara e com a frase “o comunismo vencerá” em sua formatura na tradicional Academia de West Point.

As imagens foram feitas em maio de 2016, mas foram publicadas apenas em 2017 e lhe renderam até mesmo ameaças de morte e o apelido de “cadete comunista”.

O alto escalão do Fort Drum aceitou a renúncia de Spenser Rapone na segunda-feira (18), após uma repreensão anterior por “conduta imprópria de um oficial”.

Oficialmente, o Exército disse em comunicado apenas que conduziu uma investigação completa e “medidas apropriadas foram tomadas”.

Após a dispensa, o comunista de 26 anos declarou à Associated Press:

Eu me considero um socialista revolucionário. Eu encorajaria todos os soldados que têm a consciência de baixar suas armas e se juntarem a mim e a tantos outros que estão dispostos a deixar de servir aos agentes do imperialismo e se unirem a nós em um movimento revolucionário.

 

Com informações de Sputnik
Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia