Exército reforça presença na fronteira com Suriname e as Guianas

DCIM100MEDIADJI_0047.JPG

A presença do Exército do Brasil na região fronteiriça foi reforçada com a inauguração da Brigada da Foz do Amazonas.

A criação da Brigada está alinhada com a Estratégia Nacional de Defesa, que busca a priorização da região amazônica pelas Forças Armadas, guarnecendo a área de fronteira do Brasil com Guiana, Guiana Francesa e Suriname.

A nova Brigada vai reforçar a presença militar, a capacidade operacional e melhorar o gerenciamento administrativo do Exército na Amazônia Oriental.

General de Exército Carlos Alberto Neiva Barcellos declarou durante a cerimônia de inauguração no dia 26 de janeiro:

Hoje é um dia histórico para o Exército Brasileiro e para o Estado do Amapá. Estamos oficializando a instalação de um Comando de Brigada numa área estratégica.

De acordo com informações da Defesa Net:

A maior presença de militares na área também deve ser um fator de desenvolvimento local e gera a perspectiva de mais parcerias com as instituições regionais e federais que atuam na região. “Essa é uma conquista do Brasil, da Amazônia e do Amapá, e nós devemos muito à iniciativa e ao planejamento do Exército, porque mesmo em três anos de muitas dificuldades (orçamentárias), ele não abriu mão de realizar o seu planejamento estratégico”, agradeceu o Governador do Amapá, Antônio Waldez Góes da Silva.

Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *