Exército reforça presença na fronteira com Suriname e as Guianas

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

A presença do Exército do Brasil na região fronteiriça foi reforçada com a inauguração da Brigada da Foz do Amazonas.

A criação da Brigada está alinhada com a Estratégia Nacional de Defesa, que busca a priorização da região amazônica pelas Forças Armadas, guarnecendo a área de fronteira do Brasil com Guiana, Guiana Francesa e Suriname.

A nova Brigada vai reforçar a presença militar, a capacidade operacional e melhorar o gerenciamento administrativo do Exército na Amazônia Oriental.

General de Exército Carlos Alberto Neiva Barcellos declarou durante a cerimônia de inauguração no dia 26 de janeiro:

Hoje é um dia histórico para o Exército Brasileiro e para o Estado do Amapá. Estamos oficializando a instalação de um Comando de Brigada numa área estratégica.

De acordo com informações da Defesa Net:

A maior presença de militares na área também deve ser um fator de desenvolvimento local e gera a perspectiva de mais parcerias com as instituições regionais e federais que atuam na região. “Essa é uma conquista do Brasil, da Amazônia e do Amapá, e nós devemos muito à iniciativa e ao planejamento do Exército, porque mesmo em três anos de muitas dificuldades (orçamentárias), ele não abriu mão de realizar o seu planejamento estratégico”, agradeceu o Governador do Amapá, Antônio Waldez Góes da Silva.

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Newsletter

Receba as principais notícias do dia, assine nossa newsletter gratuita.