Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Exército testa mísseis durante exercícios militares na Amazônia

Exército testa mísseis durante exercícios militares na Amazônia
Imagem: Divulgação/Exército
COMPARTILHE

Disparos foram realizados pelo 6º Grupo de Mísseis e Foguetes (6º GMF), sediado em Formosa, no Goiás.

O Exército Brasileiro realizou, no dia 15 de setembro, duas missões de tiro real, com o objetivo de neutralizar uma base do exército oponente. 

O primeiro exercício de tiro com o sistema de lançadores múltiplos ASTROS em ambiente amazônico aconteceu durante as manobras militares da operação “Amazônia”, uma simulação de guerra em ambiente de selva. 

Além do ASTROS, a missão também contou com disparos dos mísseis antiaéreos RBS-70 e IGLA-S.

Imagem: Divulgação/Exército

O disparo do ASTROS ocorreu numa base do Centro de Instrução de Guerra na Selva (CIGS), às margens da AM-010, que liga Manaus ao município de Rio Preto da Eva, no Amazonas.

O Astros 2020 é um sistema para a saturação de área, com o objetivo de lançar grande quantidade de fogos em um curto espaço de tempo. Os foguetes são de grande profundidade, com um tiro de rigoroso controle de precisão e inteligência. É uma arma eficiente e precisa, com munição de altíssima capacidade de destruição.

Os foguetes têm a capacidade de destruir uma área de 16 km² e o seu alcance varia entre 30 e 80 km. A tecnologia do ASTROS é toda de fabricação nacional.

Imagem: Divulgação/Exército

PUBLICIDADE

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Comentários_

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião da RenovaMídia.

Ao comentar você concorda com nossos termos de uso e política de privacidade.

Assinar
Notificar quando
guest
0 Comentários
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários