Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Experimento de cientistas do Brasil na Estação Espacial Internacional

Experimento de cientistas do Brasil na Estação Espacial Internacional

Minicérebros foram levados à Estação Espacial Internacional graças ao trabalho de cientistas brasileiros.

Na última semana, na Flórida, nos Estados Unidos, um foguete não tripulado decolou com seis toneladas de carga com destino à Estação Espacial Internacional.

Nessa carga enviada ao espaço, está um experimento da equipe do cientista brasileiro Alysson Muotri, da Universidade da Califórnia em San Diego (UCSD).

Os pesquisadores brasileiros querem entender o que acontece com o cérebro humano no espaço e, possivelmente, ajudar na cura de doenças como Alzheimer.

Para isso, usam os chamados minicérebros, feitos a partir de células-tronco. Os minicérebros são órgãos minúsculos, do tamanho de uma cabeça de alfinete e demoraram anos para serem desenvolvidos.

O projeto é chamado pela ISS de “The Effect of Microgravity on Human Brain Organoids” (“Efeito da microgravidade em organóides do cérebro humano”). O nome da missão que levará o projeto, escolhido pela Nasa, é BOARDS (Organoides cerebrais em pesquisa avançada desenvolvida no espaço, na tradução da sigla em inglês).

Segundo o site G1, o estudo busca responder:

  • Qual é o efeito da microgravidade nos “minicérebros”;
  • Qual é a resposta dos “minicérebros” ao estresse e outros estímulos que serão aplicados;
  • Se a microgravidade tem algum efeito na sobrevivência e função celular, integridade metabólica e regulação dos neurônios.

Compartilhe

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email