Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Explosivos detonados em barragem de Brumadinho antes do rompimento

Tarciso Morais

Tarciso Morais

Explosivos detonados em barragem de Brumadinho antes do rompimento
COMPARTILHE

Em um primeiro momento, a mineradora Vale negou que tenha acontecido qualquer detonação no local.

A Delegacia de Meio Ambiente de Minas Gerais confirmou, nesta terça-feira (25), que houve detonação de explosivos na Mina Córrego do Feijão, em Brumadinho, antes do trágico rompimento da barragem no mês de janeiro.

Testemunhas ouvidas na CPI da Assembleia Legislativa de Minas Gerais confirmaram que a mineradora Vale contrariou recomendações de segurança e autorizou explosões perto da barragem que se rompeu, inclusive no dia do desastre, informa o portal R7.

O delegado Luiz Otávio Paulon confirmou a informação sobre a explosão, mas disse que, no momento, não há evidência de que a detonação tenha levado a estrutura da Vale a desabar.

De acordo a Polícia Civil, os explosivos teriam sido detonados dentro da cava da mina, localizada a 1,5km de distância da barreira de contenção de rejeitos de mineração.

O objetivo dos investigadores, a partir de agora, é verificar se eles influenciaram no rompimento da barragem, informa o jornal O Globo.

- PUBLICIDADE -
TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram