Português   English   Español
Português   English   Español

Exportações da China caem inesperadamente no mês de agosto

Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia
Exportações da China caem inesperadamente no mês de agosto

As exportações da China caíram inesperadamente em agosto, com os embarques para os Estados Unidos diminuindo acentuadamente.

As exportações da China apresentaram uma queda inesperada neste mês de agosto, com os embarques para os Estados Unidos diminuindo drasticamente.

O desempenho das exportações chinesas aponta para uma fraqueza ainda maior na segunda maior economia do mundo e evidencia a necessidade de um maior estímulo à medida que a guerra comercial com o governo Donald Trump aumenta.

As exportações chinesas de agosto caíram 1% em relação ao ano anterior, a maior queda desde junho, quando recuaram 1,3%, mostraram dados alfandegários neste domingo (8). 

Analistas esperavam um aumento de 2% em pesquisa da agência Reuters após o aumento de 3,3% em julho, informa o site G1.

Ao que tudo indica, Pequim deve anunciar novas medidas de apoio econômico nas próximas semanas para evitar o risco de uma desaceleração ainda mais acentuada, à medida que os EUA aumentam a pressão comercial.

Na última sexta-feira (6), o Banco Central da China cortou os requisitos de reserva dos bancos pela sétima vez desde o início de 2018 para liberar mais fundos para empréstimos.

Compartilhe_

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email

Comentários_

A RENOVA Mídia não se responsabiliza pelo conteúdo, opiniões e comentários dos visitantes do site. NÃO publique ofensas, discordar não é ofender. Caso encontre algum material com ofensas, denuncie. Lembre-se que ao comentar em nosso portal você concorda com estes Termos de Uso.

Outras Notícias_

Newsletter

Inscreva seu email na RENOVA para receber atualizações diárias com as últimas notícias do Brasil e do mundo.

Nome:

Email: