Exportações do Brasil para a Venezuela diminuem quase 90%

Idiomas:

Português   English   Español
Exportações do Brasil para a Venezuela diminuem quase 90%
TARCISO MORAIS
TARCISO MORAIS
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia.

As relações entre Brasil e Venezuela não estão estremecidas apenas no campo diplomático. Um forte recuo no plano econômico também foi registrado nos últimos dez anos.

A Venezuela chegou a ser um principais parceiros comerciais do Brasil.

Em 2008, por exemplo, o vizinho sul-americano estava entre os dez principais compradores de produtos brasileiros, com importações de US$ 5,13 bilhões.

Mas devido às políticas desastrosas adotadas pelo regime socialista de Nicolás Maduro, desde 2015 as importações venezuelanas do Brasil registraram acentuada queda.

Em 2018, segundo o G1, as importações somaram US$ 576,94 milhões, 88,7% menos que em 2008 e apenas 1,64% de tudo o que o Brasil vendeu na América do Sul no ano passado.

O resultado coloca a Venezuela na 51ª posição no ranking dos países importadores de produtos brasileiros. Na América do Sul, está à frente do Suriname (123ª).

Newsletter RENOVA

Receba diariamente as principais notícias do Brasil e do Mundo.

Curta e compartilhe esta notícia

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on google
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on email

Deixe seu comentário

Veja outras notícias em destaque