- PUBLICIDADE -

Exportações do Brasil para Ásia aumentam apesar da pandemia

Governo espera crescimento de 20% nas exportações em 4 anos
- PUBLICIDADE -

Enquanto o mundo sofre com a diminuição dos níveis do comércio internacional, o Brasil segue outro caminho.

A corrente comercial do Brasil permanece praticamente inalterada apesar das mazelas causadas pela pandemia de coronavírus.

É o que mostram os dados divulgados pela Secretaria de Comércio Exterior relativos ao primeiro quadrimestre de 2020.

As exportações para a Ásia, principalmente para a China, são o carro-chefe desse resultado.

De janeiro a abril, a corrente de comércio brasileira somou US$ 123,4 bilhões, apenas 2% a menos do que a registrada no mesmo período de 2019.

A variação é considerada uma das menores entre as vinte maiores economias do mundo, o chamado “G20“.

Quando consideramos o volume exportado, livre do efeito da queda dos preços internacionais, o Brasil cresceu sua exportação no mês de abril e no quadrimestre em 2,9% e 1,1%, respectivamente, destaca o portal UOL.

As exportações brasileiras para a Ásia subiram 15,5% no mesmo período em comparação com o primeiro quadrimestre de 2019.

Apesar dos efeitos negativos do coronavírus sobre a demanda mundial, as exportações brasileiras para a China cresceram incríveis 11,3%.

PUBLICIDADE
- PUBLICIDADE -

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -