Extrema esquerda da Grécia publica lista negra de policiais

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

“A caça às cabeças começou”, alertam os extremistas de esquerda da Grécia.

Um grupo de extrema esquerda em Tessalônica publicou na internet os nomes e endereços de 21 membros da polícia da Grécia.

Em um anúncio feito na plataforma digital Indymedia, a Organização Ação Anarquista pediu violência contra os policiais, declarando que eles estão “em guerra”:

“A polícia grega nada mais é do que uma gangue de cafetões, estupradores, torturadores e assassinos que são protegidos atrás da janela da legalidade, ordem e segurança.”

A organização alegou que os policiais haviam se envolvido em suspeitas de “tortura e abuso, estupro e encobrimento de violência de gênero”.

Ainda de acordo com o comunicado:

“Agora, cada um individualmente pode sentir o que é ter medo de ir para casa sozinho. Conte os passos com sua respiração. Agora, cada um deles, individualmente, pode enfrentar sua cota de responsabilidade.”

O grupo completou com uma clara ameaça aos policiais:

“Quando dizemos que estamos em guerra, é isso mesmo. Respondemos à violência com violência. A caça às cabeças começou.”

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Newsletter

Receba as principais notícias do dia, assine nossa newsletter gratuita.