Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Extremista de esquerda da França visita Lula em Curitiba

Tarciso Morais

Tarciso Morais

Extremista de esquerda da França visita Lula em Curitiba
COMPARTILHE

“Ele nos chamou à resistência”, disse Mélenchon após encontro com o condenado Lula.

Jean-Luc Mélenchon, líder do partido de extrema-esquerda “A França Insubmissa”, afirmou que recebeu “energia” de Lula da Silva (PT), ao visitá-lo, nesta quinta-feira (5), em Curitiba, onde o ex-presidente está preso.

O deputado da França qualificou o então juiz Sergio Moro, que em 2017 condenou Lula na primeira instância, de “personalidade politicamente corrompida”.

Melénchon afirmou que Moro, atual ministro da Justiça do presidente Jair Bolsonaro, está “disposto a sujar a justiça de seu próprio país para levar até o fim o processo político” contra Lula.

O líder esquerdista francês foi à sede da Polícia Federal (PF) em Curitiba, onde Lula está preso desde abril de 2018, após ser condenado a 8 anos e 10 meses por corrupção passiva e lavagem de dinheiro.

“Ele nos chamou à resistência”, disse o deputado francês, explicando que “grande parte da conversa envolveu o uso da justiça em julgamentos políticos, a lei”, segundo o site UOL.

- PUBLICIDADE -
TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram