- PUBLICIDADE -

Extremista é preso por atacar apoiadores de Trump com fogos de artifício

Imagem: REUTERS/Erin Scott

Extremista disparou fogos de artifício de nível comercial em várias vítimas.

- PUBLICIDADE -

Um homem foi preso por disparar fogos de artifício contra apoiadores do presidente Donald Trump na sequência de uma gigantesca manifestação em Washington DC, capital dos Estados Unidos, no último sábado (14). 

Javien Michael Dawson, 26 anos, foi acusado de agressão com arma perigosa. 

O ataque aconteceu no no bloco 1600 da Rua K, não muito longe da Casa Branca, disseram as autoridades policiais ao jornal New York Post

Um vídeo compartilhado pela RenovaMídia na rede social Twitter mostra apoiadores de Trump do lado de fora de um restaurante sendo atacados após a manifestação. 

De acordo com a polícia, Dawson “disparou fogos de artifício de nível comercial em várias vítimas no local listado”. 

O extremista de esquerda então fugiu, mas foi preso pelos policiais que responderam. 

Dawson foi uma das pelo menos 21 pessoas presas durante os atos de violência promovidos por membros de movimentos de extrema esquerda como Black Lives Matter Antifa

PUBLICIDADE

- PUBLICIDADE -

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit

- PUBLICIDADE -

- PUBLICIDADE -

- PUBLICIDADE -