- PUBLICIDADE -

Extremista islâmico condenado por tramar decapitação da premiê britânica

- PUBLICIDADE -

Tribunal Central Criminal do Reino Unido condenou, nesta quarta-feira (18), o muçulmano Naaimur Zakariyah Rahman por planejar um atentado terrorista contra a primeira-ministra Theresa May.

Morador da zona norte de Londres, o extremista de 20 anos é simpatizante do grupo terrorista Estado Islâmico. Ele havia sido preso em novembro, graças a uma investigação do MI5, serviço secreto britânico.

Segundo o inquérito, Naaimur Zakariyah Rahman queria detonar uma bomba artesanal em frente à residência oficial de Theresa May para depois tentar esfaqueá-la ou decapitá-la.

O complô contra Downing Street foi frustrado porque Rahman acreditou estar se correspondendo pela internet com membros do grupo militante Estado Islâmico. No entanto, ele estava conversando com agentes infiltrados da Polícia Federal norte-americana e do serviço de segurança britânico MI5.

Rahman foi preso em novembro, pouco depois de se encontrar com agentes infiltrados que se passavam por integrantes do Estado Islâmico e coletar dois artefatos explosivos falsos.

 

Com informações da Reuters Brasil

PUBLICIDADE

- PUBLICIDADE -

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit

- PUBLICIDADE -

- PUBLICIDADE -

- PUBLICIDADE -