Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
- PUBLICIDADE -

FAB abre inquérito policial militar contra sargento com cocaína na Espanha

Tarciso Morais

Tarciso Morais

COMPARTILHE

FAB informou que o militar foi detido no aeroporto de Sevilha “por suspeita de envolvimento no transporte de substância entorpecente”.

A Força Aérea Brasileira (FAB) já abriu o Inquérito Policial Militar que investiga a prisão do 2.º sargento da Aeronáutica, em Sevilha, na Espanha, na manhã de terça-feira (25).

O militar Manoel Silva Rodrigues foi detido após ter chegado ao país europeu com 39 quilos de cocaína, guardado em sua bagagem pessoal.

Um dos focos da investigação é em relação ao embarque e transporte da droga na aeronave militar que foi para a Espanha, informa o jornal Estadão.

O avião da FAB conduzia três equipes de tripulação, que trabalhariam na comitiva do presidente da República, Jair Bolsonaro, durante a segunda etapa da missão ao Japão para representar o Brasil na cúpula do G-20, na cidade japonesa de Osaka.

O militar atuava no Grupo de Transportes Especiais da FAB como comissário de bordo. Ele não tinha cargo na Presidência da República e não estava ligado diretamente à equipe presidencial de Bolsonaro.

Em nota, o Ministério da Defesa e a FAB ao informaram que o militar foi detido no aeroporto de Sevilha, “por suspeita de envolvimento no transporte de substância entorpecente” salientaram que “repudiam condutas dessa natureza”, reforçam o “compromisso com o rigor das investigações, na aplicação do regulamento e na apuração e elucidação do caso”, bem como salientam que “irão colaborar com as autoridades”.

- PUBLICIDADE -
TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
VEJA TAMBÉM